Publicidade

Publicidade

Publicidade

Clique e acesse

quinta-feira, 4 de janeiro de 2024

Prefeitura de Cairu suspende uso de cavalos nas famosas charretes para transporte de turistas

 


Nesta semana uma imagem chocou moradores e turistas que estavam visitando as praias do Morro de São Paulo, em Cairu. Vídeos que circularam nas redes sociais mostraram a agonia de um cavalo que passou mal durante os famosos passeios de charrete, que normalmente ocorrem no trecho entre o fim da terceira praia até a quinta praia. O animal não resistiu e morreu causando grande comoção nas redes sociais.

Diante da repercussão negativa, a prefeitura de Cairu tomou uma providência, que na verdade já deveria ter tomado há muitos anos, e suspendeu os passeios de charretes com a utilização de cavalos no Morro de São Paulo.


O prefeito Hildécio Meireles reconheceu que a situação dos animais era insustentável, mas pontuou também a situação das famílias que dependem da atividade turística para o seu sustento e que vai encontrar medidas que possam solucionar a situação dessas famílias. “A gestão vai se reunir com a associação dos Charreteiros na tentativa de encontrar uma alternativa para a sobrevivência deles. Enquanto isso a prefeitura vai cadastrar as famílias para garantir a subsistência deles”, disse o gestor.


MESMO SOFRIMENTO EM BOIPEBA


Além do Morro de São Paulo, a paradisíaca Ilha de Boipeba, com todos os seus encantos, também comunga de uma cena lamentável onde cavalos ainda são utilizados para diversas finalidades. Em carroças, para o transporte de materiais, e nas charretes para o lazer dos turistas.


Há relatos de flagrantes onde pode-se notar até oito pessoas numa charrete sendo puxada por um animal que visivelmente demonstra sinais de cansaço devido tamanha carga. O prefeito de Cairu determinou que soluções sejam aplicadas também em Boipeba visando a proteção destes animais e a pronta assistência às famílias que dependem dessa atividade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário